Social:
As autoridades de saúde da Coreia do Sul consideraram hoje que a Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS na sigla inglesa), que já matou 24 pessoas no país, estará a começar a perder força.
A posição do Presidente Obama contrasta com a de alguns republicanos, para quem o Papa não devia imiscuir-se em assuntos que são da esfera da ciência.
A posição do Presidente Obama contrasta com a de alguns republicanos, para quem o Papa não devia imiscuir-se em assuntos que são da esfera da ciência.
O primeiro-ministro da Coreia do Sul, Hwang Kyo-ahn, pediu hoje desculpas, um dia após a sua nomeação para o cargo, pela resposta do Governo ao surto do novo coronavírus, que já causou 24 mortos no país.
A Coreia do Sul registou hoje a 24.ª morte por Síndrome Respiratória do Médio Oriente e um novo caso de contágio, de acordo com o Ministério da Saúde.
As autoridades portuguesas impediram a entrada no país de mais de 18 mil unidades de medicamentos ilegais, no valor superior a 40 mil euros, durante uma operação internacional entre 09 e 16 de junho, informou hoje a GNR.