Social:

Estudar e trabalhar até que chegue a reforma é “fórmula do passado”, sustenta demógrafa que preconiza que envelhecimento populacional deve ser pretexto para uma mudança nos ciclos de vida. Especialistas debatem formas de responder a um país cada vez mais grisalho.
A também presidente do Infarmed recordou o seu trajecto profissional e a evolução da medicina no país. À plateia que assistiu à última aula alertou para os desafios futuros que exigem planos na saúde, educação e emprego.
Numa análise a uma base de dados com mais de 400 mil pessoas concluiu-se que os indivíduos que têm duas cópias do gene CCR5 com mutação vivem menos tempo.
Ficou percetível a necessidade do Estado, de todos coletivamente reconhecermos a importância e o papel destes homens e destas mulheres que cuidam informalmente de quem precisa de cuidados.
Noa Pothoven tinha 17 anos e conseguiu um dos seus objetivos: terminar com o sofrimento. A jovem holandesa foi eutanasiada na sala de casa, rodeada pela família, depois de anos de sofrimento.
A maioria do tempo fora da escola é passado em actividades de ecrã, seja em frente à televisão, ao computador e/ou ao telemóvel.
No debate sobre “O uso médico de canabinóides”, os médicos lamentaram algum desconhecimento que ainda existe sobre esta matéria e defenderam a necessidade de mais investigação, formação e informação.
Candidataram-se 370 jovens médicos para um número recorde de vagas abertas em Maio. Mas também há médicos a aposentar-se. Em cinco meses, 58 mil pessoas ficaram sem médico de família.