Imprimir esta página
terça, 29 julho 2014 08:03

Cancro da mama: sessão única de radioterapia pode ser adotada este ano no Reino Unido

Uma nova opção de tratamento contra o cancro da mama - que pode substituir semanas de radioterapia por uma única sessão - está em processo de avaliação pelo NHS (National Health Service), o serviço nacional de saúde do Reino Uido, perspetivando-se que possa estar disponível para as pacientes até do final do ano.

A alternativa clínica, designada radiação intraoperatória, é administrada através de uma sonda inserida no interior do seio, depois de o tumor ser removido por meio de uma cirurgia. A sonda emite radiação do exato local da operação por cerca de 30 minutos.

Caso seja aprovada pelo NHS, este novo procedimento de oncologia – considerado adequado para doentas  no estágio inicial da doença - pode beneficiar cerca de 36 mil pessoas no Reino Unido, além de permitir poupanças ao sistema de saúde

Atualmente, os doentes de cancro submetem-se a cirurgias para remover o tumor e depois sujeitam-se a séries variáveis de sessões de radioterapia para tentar debelar a doença, o que amplia os efeitos negativos do tratamento - como náuseas, queda de cabelo e perda de peso.

Testes realizados em mais de 2 mil pessoas indicam que a nova técnica tem um efeito similar à radioterapia convencional. No entanto, como o procedimento foi desenvolvido recentemente, não há dados de longo prazo disponíveis sobre os efeitos.

Além de reduzir o número de deslocações ao hospital, a dose única teria a vantagem de evitar danos potenciais em órgãos como coração, pulmão e esófago – um risco normalmente associado às séries de quimioterapia aplicadas em diversos tipos de cancro.

Segundo opinião de Carole Longson, do NICE (sigla do instituto britânico de excelência clínica), dado que o tratamento é novo, a sua utilização «deve ser avaliada cuidadosamente».

FONTE: http://bit.ly/1qeELG1

Ler 2915 vezes