Imprimir esta página
quinta, 24 julho 2014 12:18

China volta a abrir acesso a cidade isolada devido a caso de peste bubónica

As autoridades chinesas abriram novamente o acesso a uma cidade do noroeste do país que tinha sido isolada na semana passada após a descoberta de um caso de peste bubónica, indicou hoje uma agência oficial.

Os 30.000 habitantes da cidade de Yumen, na província de Gansu (nordeste), estavam proibidos de deixar a cidade.

Segundo um jornal de Pequim, a vítima, um homem de 38 anos, tinha cortado em pedaços uma marmota morta, provavelmente infectada, para dá-la ao seu cão.

«Não encontramos nenhum novo caso da praga», indicou uma agência oficial chinesa citando o departamento de saúde de Gansu.

As autoridades exterminaram roedores e moscas em várias zonas de quarentena e 151 pessoas que tinham relação com o falecido foram isoladas durante nove dias, mas não mostraram sinais da doença.

A peste bubónica é uma doença contagiosa que atinge principalmente os animais e é transmissível ao homem.

Ler 2000 vezes