Social:
quarta, 09 outubro 2013 01:19

Sapatos de mortos por sida entregues ao governo

Manifestantes contra encerramento de clínica para tratamento de doentes com sida, depositaram um monte de sapatos de pessoas que morreram com a doença em frente à sede do governo, em Kiev.

 

Ativistas de uma organização não governamental de apoio aos doentes com Sida participaram numa manifestação em Kiev, em frente à sede do governo, para protestarem contra o encerramento da clínica Lavra, o principal centro estatal de tratamento de doentes com sida do país.

O protesto surge após o Ministério da Saúde da Ucrânia ter decidido transferir os doentes da clínica de Kiev para novas instalações. Os manifestantes não percebem a pressa do ministério em transferir os doentes e temem que os mesmos possam correr risco de vida, uma vez que o novo espaço ainda não está preparado para os receber nem para lhes prestar os cuidados médicos necessários.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, a Ucrânia apresenta uma das maiores taxas da Europa de doentes com sida.

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3464933&seccao=Europa

Ler 2518 vezes