Social:
segunda, 16 dezembro 2019 05:00

Doentes psiquiátricos chegam a aguardar três meses por consultas urgentes

Conselho Nacional de Saúde avisa que “não há mais tempo a perder” na saúde mental. É preciso uma estratégia integrada, financimento e recursos humanos adequados, reclama.

Há hospitais que demoram entre um mês e meio e três meses a marcar primeiras consultas de psiquiatria classificadas como muito prioritárias, apesar de a situação ter melhorado este ano face a 2018 e o número de psiquiatras continuar a aumentar. É o caso dos hospitais da Guarda, do Santa Maria (Lisboa), além dos de Loures, de Santarém e de Braga. No Júlio de Matos (Lisboa), um hospital psiquiátrico, a espera era de 40 dias no Verão passado.

Mais populares

  • Cinema

    Morreu Anna Karina, actriz e ícone da Nouvelle Vague francesa

  • i-album
    Guarda

    Trancoso tem a maior necrópole de sepulturas antropomórficas da Península Ibérica

  • i-album
    Fotografia

    Arquitectura: uma viagem brutalista pelo Porto

FONTE - Público

Ler 454 vezes