Social:
segunda, 16 dezembro 2019 05:01

Em 2018 consumimos mais de 10 milhões de embalagens de ansiolíticos e sedativos

Especialistas do Conselho Nacional de Saúde alertam que uso prolongado de ansiolíticos leva a um risco de acidentes, quedas e amnésia.

Que os portugueses são grandes consumidores de medicamentos psicotrópicos já se sabia. Mas a dimensão deste fenómeno impressiona: no ano passado, foram vendidas quase 10,5 milhões de embalagens de ansiolíticos, sedativos e hipnóticos (benzodiazepinas) e 8,8 embalagens de antidepressivos, com Portugal a assumir lugares cimeiros relativamente ao consumo destes fármacos na lista de países da OCDE. E, apesar de os médicos conhecerem os riscos do uso prolongado dos ansiolíticos, sedativos e hipnóticos, 1,9 milhões de utentes tiveram, em 2016, pelo menos uma prescrição deste tipo de fármacos que causam habituação e que, por isso, apenas deveriam ser utilizados durante períodos curtos.

Mais populares

  • Cinema

    Morreu Anna Karina, actriz e ícone da Nouvelle Vague francesa

  • i-album
    Guarda

    Trancoso tem a maior necrópole de sepulturas antropomórficas da Península Ibérica

  • i-album
    Fotografia

    Arquitectura: uma viagem brutalista pelo Porto

FONTE - Público

Ler 414 vezes