Social:
sábado, 09 novembro 2019 05:53

Enfermeiros nunca faltaram tanto. Bastonária diz que taxa de absentismo oscila entre 13 a 14%

Ana Rita Cavaco, que acaba de ser reeleita bastonária da Ordem dos Enfermeiros, não está preocupada com uma eventual perda de mandato por causa da sindicância pedida pelo Ministério da Saúde e diz que vai convidar a ministra para a sua tomada de posse.

A reeleita bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, insiste na ideia de que faltam 30 mil enfermeiros no sistema de saúde em Portugal e diz que é pelo facto de estes profissionais estarem “muito pressionados”, “desmotivados” e a “trabalhar sem condições” que a actual taxa de absentismo é das mais elevadas na administração pública. “A enfermagem tem neste momento uma das maiores taxas de absentismo de todos os tempos, com uma média que oscila entre os 13 e os 14%”, especifica Ana Rita Cavaco, que acaba de ganhar as eleições para a OE com uma votação expressiva.

Mais populares

  • Música

    “A morna já é Património da Humanidade”, anuncia ministro da Cultura cabo-verdiano

  • i-album
    Brasil

    Lula da Silva sai da prisão para liderar a oposição a Bolsonaro

  • i-album
    Arquitectura

    Dez anos a viajar pelo mundo em busca do legado da Bauhaus

FONTE - Público

Ler 167 vezes