Social:
domingo, 20 outubro 2019 22:54

Chamam-lhes os vitoriosos do ébola. Mas a vida ainda é uma luta

Mais de mil pessoas infectadas sobreviveram ao surto do vírus ébola que atingiu a República Democrática do Congo em Julho de 2018. Morreram mais de 2000. Os que conseguiram derrotar a doença, conhecidos como les vainqueurs (os vitoriosos, em francês), tentam regressar à normalidade – mas têm de lidar com receios de recaídas, sequelas para a vida (como visão turva ou dores de cabeça crónica), saudades de quem não conseguiu sobreviver, e o preconceito de muitos vizinhos e familiares.

FONTE - Público

Ler 159 vezes