Social:
quinta, 10 outubro 2019 07:30

Algarve e Alentejo só têm três psiquiatras para crianças e adolescentes

No interior do país, “está tudo como há 20 anos”, lamenta responsável da Ordem dos Médicos. Para o director do Programa para a Saúde Mental, a prioridade são as equipas comunitárias multiprofissionais. Os outros técnicos “são tão importantes como os médicos”, diz. Hoje é dia mundial da saúde mental.

As regiões do Algarve e do Alentejo têm apenas três especialistas em psiquiatria da infância e adolescência (pedopsiquiatras) e um deles já foi contratado este ano. Na Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste a única pedopsiquiatra que há anos dá resposta a uma vasta área do território transmontano reformou-se mas no mês passado aceitou continuar a trabalhar no hospital de Bragança até que alguém a venha substituir.

Mais populares

  • Banca

    Caixa faz “gigantesco” aumento de comissões e passa a cobrar 88,4 cêntimos no MB Way

  • Joker: tudo menos uma piada – Megafone de Catarina Teles de Menezes

  • i-album
    Alterações climáticas

    Uma águia leva-nos às costas para mostrar os glaciares dos Alpes

FONTE - Público

Ler 38 vezes