Social:
sábado, 28 setembro 2019 07:46

E se fosse possível prever o risco de uma infecção hospitalar? Já é

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa desenvolveram um sistema informático que poderia ter sido capaz de prever quatro dias antes o surto de legionella de Vila Franca de Xira.

Um grupo de investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa desenvolveu um sistema informático capaz de prever o risco de um doente desenvolver uma infecção por uma bactéria multirresistente a antibióticos e ajudar os médicos a escolher o melhor tratamento possível para aquele caso. O projecto Resistir, que teve início em 2016 e um investimento de cerca de 950 mil euros, alerta também para possíveis surtos de doenças que possam estar a existir na comunidade.

Mais populares

  • Museus

    Entrada em museus, monumentos e palácios vai ser gratuita neste domingo

  • i-album
    Atletismo

    Guineense Braima Dabó ajuda atleta de Aruba a terminar prova de 5 mil metros

  • i-album
    Crise Climática Agora

    Greve climática em Portugal: estudantes voltam a sair à rua — e, desta vez, não vão sozinhos

FONTE - Público

Ler 233 vezes