Social:
sexta, 13 setembro 2019 21:51

Ministério Público e Inspecção da Saúde investigam morte de mulher após tentativa de parto em casa

Mulher estava grávida de 42 semanas e terá sido acompanhada por um enfermeiro. Ordem diz que não recebeu queixa.

A Inspecção-Geral das Actividades em Saúde (IGAS) e o Ministério Público estão a investigar as circunstâncias que rodearam a morte de uma cantora suíça no hospital Curry Cabral (Lisboa), no início deste mês. Nama Ray, era este o seu nome artístico, estava grávida de 42 semanas e morreu depois de ter tentado que o parto acontecesse em casa e de surgirem complicações.

Mais populares

  • Justiça

    Recurso da Operação Marquês nas mãos de juiz Rui Rangel

  • Eleições

    Director do centro da Católica denuncia sondagem falsa

  • i-album
    Concurso

    Um mundo selvagem para conhecer entre risos — mas para preservar a sério

FONTE - Público

Ler 177 vezes