Social:
terça, 16 julho 2019 07:30

“Nos medicamentos não podemos ter saldos como temos no vestuário”

João Madeira assumiu recentemente a presidência da Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares. Numa entrevista ao PÚBLICO critica a forma como os concursos públicos para aquisição de medicamentos são feitos.

À frente da Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares (Apogen) desde Fevereiro, João Madeira fala, em entrevista ao PÚBLICO, sobre a necessidade de previsibilidade que as empresas têm de ter. Lamentam a falta de planificação dos concursos públicos para aquisição de medicamentos, referindo que podem levar a empresas a ter de baixar muito o valor dos fármacos para escoar stock.

Mais populares

  • Privacidade

    FaceApp: a aplicação que está a recolher dados à custa de filtros

  • i-album
    Praias

    Nasceu uma nova praia no Alentejo

  • i-album
    Fotografia

    Amianto: a ameaça invisível de que ninguém está (ainda) a salvo

FONTE - Público

Ler 142 vezes