Social:
quarta, 22 maio 2019 11:57

Como se prova a eficácia de um creme anti-rugas?

Esta quinta-feira falar-se-á dos custos das más escolhas na cosmética no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

O ciclo de debates “A falta de cultura científica paga imposto!” volta ao Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva, em Lisboa. Depois de uma sessão dedicada à alimentação, esta quinta-feira (23 de Maio) das 19h às 21h vai falar-se sobre os custos das más escolhas na área dos cosméticos. A entrada para esta palestra é gratuita, mediante inscrição no site da agência Ciência Viva.

Mais populares

  • i-album
    Literatura

    Chico Buarque, um Prémio Camões com mensagem artística e política

  • Ambiente

    Portugal está “a viver de água que não tem”

  • i-album
    Fotojornalismo

    Diogo nasceu e cresceu em Lisboa, mas não é português

“Cosméticos: com Q10, pro-retinol ou ácido hialurónico. Especiais só no preço ou fazem mesmo a diferença? Como se prova a eficácia de um creme anti-rugas? Alguém verifica as alegações de eficácia? Que efeitos secundários podem ter?” Estas são algumas das questões lançadas no comunicado da Ciência Viva que serão abordadas na sessão desta quinta-feira.

Para responder a estas questões, estarão na sessão Patrícia Pinto (química responsável pela criação de cosméticos de marca própria de uma grande empresa), Helena M. Ribeiro (professora da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa e coordenadora do curso de Pós-graduação e Aperfeiçoamento em Cosmetologia Avançada) e Diana Barbosa (presidente da Comunidade Céptica Portuguesa – Comcept). A conversa será moderada por Teresa Firmino, editora da secção de Ciência do PÚBLICO. No final, João Monteiro (membro fundador da Comcept) falará sobre os custos económicos das más escolhas no campo dos cosméticos.

Esta sessão faz parte do ciclo de debates “A falta de cultura científica paga imposto!” organizado pela Comcept e pela Ciência Viva. Para este ciclo sobre pseudociências e mitos científicos escolheram-se temas ligados à circulação de informação falsa e que podem levar as pessoas a tomar más decisões. A terceira e última conferência ocorrerá a 30 de Maio e será dedicada à venda em farmácias de remédios homeopáticos ou complexos vitamínicos. O PÚBLICO é media partner deste ciclo de palestras.

FONTE - Público

Ler 95 vezes