Social:
sexta, 17 maio 2019 11:29

Governo abre concursos para recrutar 1264 médicos

A maior parte dos lugares são para os hospitais, 853, mas nesta fase a tutela abriu também muitas vagas para médicos de família, 398. E, pela primeira vez, vão ser recrutados 135 profissionais com “perfil específico”.

O Governo acaba de abrir concursos para recrutar 1129 médicos recém-especialistas para os hospitais e cuidados de saúde primários em todo o país, desta vez cumprindo o prazo estabelecido na lei, que terminou na quinta-feira.

Mais populares

  • Causas

    Mandioca, milho e cana-de-açúcar: cápsulas de café da Delta dizem adeus ao plástico

  • Exército

    Militar internado no Curry Cabral: 140 do mesmo curso fazem análises de urgência

  • i-album
    Fotografia

    Brasil: “o corpo está explodindo” contra a repressão de Bolsonaro

Os médicos têm agora cinco dias úteis para se candidatarem aos 718 lugares para especialidades hospitalares e 13 para saúde pública, segundo os avisos esta sexta-feira divulgados pela Administração Central do Sistema de Saúde mas que têm a data de 16 de Maio em Diário da República.

Para os centros de saúde há 398 vagas, sobretudo para a região de Lisboa e Vale do Tejo, onde em Abril havia ainda mais de 700 mil pessoas sem médico de família.

Depois de anos sucessivos de atrasos na abertura destes concursos, o que fazia com que alguns recém-especialistas optassem por emigrar ou ir trabalhar para o sector privado, uma lei aprovada em Agosto do ano passado estabeleceu a obrigatoriedade dos concursos para recrutamento dos médicos ocorresse no prazo de 30 dias após a homologação e afixação da lista de classificação final do internato médico.

FONTE - Público

Ler 70 vezes