Social:
quinta, 16 maio 2019 07:00

Espera para consultas e cirurgias. “A expectativa é que os tempos se deteriorem”

Presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares fala sobre o agravamento dos tempos de espera para consultas e cirurgias nos primeiros cinco meses de 2018. Alexandre Lourenço admite que os resultados possam ser ainda piores quando for conhecido o relatório do final de 2018.

Numa entrevista conjunta do PÚBLICO e da Rádio Renascença, que vai esta quinta-feira para o ar às 13h, o presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares admite que os tempos de espera para cirurgias e consultas nos hospitais no final de 2018 sejam piores que os resultados já demonstrados pelo relatório da Entidade Reguladora da Saúde. Alexandre Lourenço critica a actual política financeira da Saúde “está a levar a um desperdício grande no sector”.

Mais populares

  • Hotéis

    Algarve estreia maior resort tudo-incluído de Portugal. Há férias grátis para as crianças

  • Europeias 2019

    Fim da austeridade em Portugal anima debate entre candidatos à presidência da Comissão Europeia

  • i-album
    Exposição

    São ilustradores portugueses, são a Prata da Casa

FONTE - Público

Ler 28 vezes