Social:
quarta, 10 abril 2019 15:05

Mulher a quem disseram que o sexo depois dos 50 não importa recebe 173 mil euros de indemnização

Supremo Tribunal Administrativo tinha reduzido o valor a pagar pela Maternidade Alfredo da Costa para 111 mil euros com o argumento de que a sexualidade não é tão importante para uma mulher de 50 anos e com dois filhos como para alguém mais novo.

Uma mulher vítima de negligência médica numa cirurgia ginecológica, realizada em 1995, que afectou a sua vida sexual, viu finalmente o Supremo Tribunal Administrativo (STA) dar-lhe razão e subir a indemnização a que tem direito: 173 mil euros, em vez dos 111 mil a que a Maternidade Alfredo da Costa (MAC) foi inicialmente condenada a pagar.

Mais populares

  • Astrofísica

    Einstein tinha razão. Eis a primeira imagem de um buraco negro

  • Astrofísica

    Esta quarta-feira vamos ver um buraco negro pela primeira vez?

  • i-album
    Exposição

    Os jovens já não são “um grupo a quem a história acontece”. Agora, fazem a própria história

FONTE - Público

Ler 195 vezes