Social:
segunda, 21 janeiro 2019 06:30

Mortalidade infantil subiu 26% em 2018

Fonte da Direção-Geral de Saúde refere que os dados ainda não foram validados pelo INE mas admite serem "números preocupantes", num campo em que Portugal vinha apresentando uma evolução positiva.

No ano passado, a mortalidade de crianças até um ano de idade aumentou 26%, face a 2017. Os dados da Direção-Geral de Saúde (DGS), que ainda não foram validades pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e que ainda não têm uma justificação, são avançados pela edição desta segunda-feira do Correio da Manhã.

O diário refere que, de acordo com os números da DGS, foram registados 298 óbitos no ano passado. Em 2017, esse indicador tinha ficado nos 229 casos, o que representa um aumento de 26% de um ano para o outro.

Fonte da DGS, citada pelo CM, refere que “os dados de 2018 ainda não estão devidamente tratados pelo INE e também ainda é prematuro avançar com uma justificação e com as causas de morte, o que só será possível depois de feita a sua avaliação, mas mesmo assim são números preocupantes”.

Os dados de 2018 marcam uma viragem nesta realidade. Em 2017, Portugal tinha registado uma descida de 53 casos de mortalidade infantil, quando comparado com 2016. Esse foi apontado pelo INE como “o valor mais baixo observado em Portugal desde que há registos”.

FONTE - Observador

Ler 263 vezes