Social:
sexta, 17 junho 2016 16:39

O "Point of Care" nas análises clínicas Destaque

Escrito por 

As análises clínicas já não são um meio diagnóstico apenas realizável com recurso a tecnologia de custos elevados e sediada em ambiente exclusivamente laboratorial.

Nos últimos anos a indústria de reagentes laboratoriais tem desenvolvido soluções no sentido de levar a possibilidade de realizar determinadas análises clínicas a contextos onde anteriormente este meio diagnóstico não estava disponível, como é o caso dos serviços de urgência básica, clínicas e cuidados de saúde primários.

Imagem

Surge assim o conceito point of care testing, que assente numa tecnologia portátil avançada permite efetuar numa base de “à beira do leito” um conjunto de exames analíticos e obter os seus resultados quase de imediato, agilizando decisões e abreviando o tempo do diagnóstico, elementos críticos em situações de urgência ou catástrofe. Estes equipamentos estão pensados para serem operados diretamente pelo prestador de cuidados diretos, sem necessidade de técnicos especializados.


Geralmente os equipamentos de análises point of care funcionam com base numa gama de cartuchos que permitem diversas combinações de testes analíticos.

Um exemplo de uma solução point of care é o sistema i-STAT™ da Abbott, que é um equipamento portátil e de fácil uso já presente em diversos serviços de saúde nacionais, nomeadamente de urgência.

Será expectável que a médio prazo estas tecnologias se generalizem, suprindo vários settings de prestação de cuidados desta capacidade, tal como aconteceu com os oxímetros portáteis, os analisadores de INR ou mesmo os glucómetros.

Analises clinicas banner homeMAIO2016

Ler 2999 vezes Modificado em sexta, 17 junho 2016 17:58
Nuno Pinto

 Médico

Licenciatura em Enfermagem (1999) e em Medicina (2015)

Gestor Pedagógico no projecto Foramplus. Formador no Curso de Suturas

Social Profiles

LinkedIn

Últimas de Nuno Pinto